3 de maio de 2011















Sou grata a Deus
por que o seu amor
nao é como o meu:
Pequeno,
falível,
humano.


NiL Almeida